Infinito e maravilhoso

unb2015

Nenhuma imagem expressa o ano de 2015 em sua totalidade, mas a UnB sempre será o retrato da minha felicidade nos últimos quatro anos e meio

2015 foi ótimo, né? Me sinto até indo contra a maré dizendo isso, mas para mim é a mais pura verdade. Passei os últimos anos me dedicando bastante aos estudos: a UnB era minha vida e prioridade total. Sempre. Mesmo que meu curso não seja lá o mais difícil do mundo de se formar (tenho consciência e não nego), mas tentei tirar algo a mais de toda a experiência. Até mesmo estagiei pouco, evitando trabalhar durante os semestres mais puxados, e mantive uma postura de exclusividade este ano.

Em 2014 eu trabalhei e economizei uma grana, porque este ano foi do meu TCC e da minha juventude. Somando tudo, cursei só 22 créditos durante 2015, para que pudesse fazer o melhor trabalho de conclusão de curso que conseguisse produzir diante da minha capacidade, tempo e área de interesse. Eu tenho orgulho dele. Não por ser o melhor trabalho que já vi na vida, não é e está longe de ser. Mas ele é tudo que eu queria que fosse e essa recompensa emprego nenhum me proporcionou.

Além disso, que me chamem de imprudente diante da circunstância, mas 2015 também foi o ano para gastar tudo que economizei em 2014. Eu nunca viajei tanto. Aproveitei a companhia dos meus amigos próximos, reencontrei amigos de longe, conheci gente nova, fiz umas maluquices de fã, fui na praia e vivi coisas que há muito nem lembrava como eram. Eu deixei ser e foi. Foi bem louco, foi bem intenso e foi incrível. Eu tenho um medo imenso de viver a vida e finalmente estou vencendo a batalha contra a covardia.

2016 será um ano de incertezas e eu sei das dificuldades. Terei um diploma e um mundinho meio hostil me esperando. O mercado de comunicação não é bom com os profissionais da área e quem não tem medo do desconhecido, afinal? Mas 2015 me preparou para lidar com isso ao me proporcionar felicidade e realização. Eu estou satisfeita com as minhas escolhas e pronta para um ano difícil em busca de novas oportunidades e vivências. Eu tenho muita sorte e a vida tem sido boa comigo. Por hoje, eu só tenho a agradecer. Que venha 2016.